sábado, 18 de abril de 2015

Dengue - Dr. João Vaz



Outra opção: Sumo de boldo 3 x ao dia, você pode bater as folhas com um pouco de água no liquidificador e depois coar. Está receita não é do Dr. João Vaz, já foi testada e aprovada.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Artrose: exercício ou repouso?


A artrose é uma doença degenerativa do tecido cartilaginoso que envolve o osso, o que provoca inflamação e dor. Por causa dessa dor, é comum a pessoa diminuir a utilização da articulação afetada. Isso piora o quadro, ao fazer com que os músculos e tendões atrofiem com o tempo, ficando ainda mais fracos.

Vale lembrar que músculos fortes e com uma boa elasticidade servem de amortecedores de forças externas, aliviando assim as articulações. Ai é que entram os exercícios. Pessoas com artrose que fazem exercícios físicos experimentam melhora da dor.

O programa de exercícios físicos engloba condicionamento cardiovascular, aumento da flexibilidade articular, alongamento facilitado, aumento da força muscular, resultando em uma melhora da função motora e diminuição dos sintomas.

Exercícios físicos na água, como hidroginástica e caminhar na água, são ótimos para quem tem artrose. A água ajuda a sustentar o peso corporal e alivia a carga das articulações. Porém, exercícios com muito impacto e excesso de esforço devem ser evitados.

Procure um profissional da área, ele tem condições de indicar as melhores opções de exercícios para você. Comece hoje a mudar seus hábitos de vida desde sua alimentação, descanso e prática de exercícios. Você sentirá a diferença em sua vida.

Portal Natural
Imagem: Algarvepress

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Capim Cidreira


O capim-limão é uma planta medicinal, também conhecida por erva-príncipe, com odor semelhante ao limão quando suas folhas são cortadas e que pode ser utilizada no tratamento de diversas doenças.

O capim-limão também é conhecido por: capim-cidreira, capim-santo, capim-cheiroso, capim-cidrão, chá-de-estrada, capim-cidró, capim-catinga ou citronela de Java e seu nome científico é Cymbopogon citratus.

Ela pode ser comprada, em forma de planta, em algumas lojas de produtos naturais ou, sob a forma de chá, em alguns mercados.

Para que serve o capim-limão

O capim-limão serve para ajudar a digestão e é muito utilizado para curar problemas no estômago, além de tratar inchaços, depressão, agitação, insônia, infecções da pele, dor muscular, tosse, asma, catarro, dor de cabeça, febre, transpiração, pé-de-atleta, convulsões, diarreia, doenças do fígado, reumatismo, rins, stress, tensão muscular e pele oleosa.

Propriedades do capim-limão

O capim-limão possui propriedades calmantes, antibactericidas, diuréticas, desinfetante e antidepressiva. Por conter óleo essencial de citronela é, também, um excelente repelente de insetos.

Modo de uso do capim-limão

A planta do capim-limão atua como repelente natural de insetos, mas ela pode ser consumida em forma de chá ou utilizada em forma de compressas para acalmar dores musculares.

Chá: Colocar 1 colher (chá) das folhas picadas de capim-limão numa xícara e cobrir com água fervente. Tapar, esperar amornar, coar muito bem e beber a seguir. Tomar de 3 a 4 xícaras por dia.
Compressas: Preparar o chá e depois mergulhar um pedaço de pano limpo nele, aplicando na região dolorida. Deixar atuar por pelo menos 15 minutos.

Efeitos colaterais do capim-limão

Quando utilizada externamente pode queimar a pele, se depois de aplicar a planta, o indivíduo expor-se ao sol, e por isso, é preciso lavar a região tratada após cada utilização. Pode baixar a pressão e causar desmaio.

Contraindicações do capim-limão

O capim-limão está contraindicado em casos de dor abdominal ou gastrite, assim como durante a gravidez porque ele pode causar aborto.

Tua Saúde

Pata-de-vaca


A pata-de-vaca é uma planta medicinal, também conhecida como mão de vaca, pata ou unha de boi, muito utilizada para complementar o tratamento medicamentoso da diabetes.

A pata-de-vaca é uma árvore brasileira com um tronco espinhoso que produz flores grandes e exóticas, geralmente brancas, mas algumas vezes podem adquirir a tonalidade avermelhada.

O seu nome científico é Bauhinia foticata e as suas folhas podem ser compradas em lojas de produtos naturais e algumas farmácias de manipulação.

Para que serve a pata-de-vaca

A pata-de-vaca serve para tratar cálculos na bexiga ou nos rins, diabetes, hipertensão arterial, hemofilia, anemia, tratamento para obesidade, doenças do coração e doenças urinárias.

Propriedades da pata-de-vaca

As propriedades da pata-de-vaca incluem sua ação analgésica, depurativa, diurética, hipoglicêmica, laxante, purgativa e vermífuga.

Modo de uso da pata-de-vaca

Para fins medicinais são utilizadas as folhas da pata-de-vaca.

Chá de pata-de-vaca: Adicionar 2 folhas de pata-de-vaca em meia xícara de água fervente e deixar repousar por 5 minutos. Beber o chá 3 vezes ao dia.
Efeitos colaterais da pata-de-vaca

O efeito colateral da pata-de-vaca é o aumento do efeito dos medicamentos anti-diabéticos. Por isso, os pacientes com diabetes devem consultar o endocrinologista antes de iniciar a ingestão da planta.

Contraindicações da pata-de-vaca

A pata-de-vaca está contraindicada na gravidez, para mulheres em fase de amamentação e em indivíduos com crise de hiperglicemia.

                                                         ****************

INDICAÇÃO: Chá de Pata de vaca => Combate a diabetes, (para o pâncreas produzir mais insulina), reduz o colesterol, emagrecedor e diurético. Usado também para problemas no fígado, intestinos e estômago, rins, diarréias, impedindo o aparecimento de açúcar na urina, insuficiência urinária, prisão de ventre, nos casos de poliúria ou urina solta.

COMO FAZER: Coloque 2 colheres de sopa de erva para um litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, é só coar e beber.

COMO BEBER: Tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.

Fonte: Tua Saúde e Chá & Cia

Quebra-pedra


Quebra pedra, de nome científico Phyllanthus niruri L. é uma planta medicinal de origem europeia e asiática, que pode ser utilizada principalmente em caso de pedras nos rins. Ela também é conhecida por pimpinela branca, saxífraga, arranca-pedras, erva-pomba, quebra-panela, saúde-da-mulher, conami e fura parede.

A quebra-pedra possui ação antiespasmódica, anestésica e de relaxamento muscular específica para os ureteres, e por ser diurética e aumentar a eliminação do ácido úrico pela urina é muito eficaz no combate à pedra nos rins.

Propriedades da quebra-pedra

Diurética, analgésica, anti-inflamatória, adstringente, antiblenorrágica, antidiarreica, relaxante, desobstruente, anticancerígena e anti-infecciosa pois possui ácido linoleico, linolênico e ricinoleico, compostos fenóicos, vitamina C, lignanas, triterpenóides, flavonóides, quercetina, rutina, astragalina, nirurina, fisetina, glicosídeos, triacontanal, hipofilantina, derivados flavonicos, triterpenóides, esteróides e estradiol.

Para que serve a quebra-pedra

Pedra nos rins, cólica renal, infecções respiratórias, catarro, ácido úrico elevado, amenorreia, desinteira, inchaços, gota, gangrena, problemas na próstata, hepatite B, falta de apetite.

Modo de uso da quebra-pedra

Chá: Ferver por 10 minutos em 1 litro de água, 10 g das folhas secas da quebra-pedra. Consumir de 2 a 3 xícaras por dia.

Efeitos colaterais da quebra-pedra

O chá de quebra-pedra não deve ser tomado por mais de 21 dias pois pode ser tóxico. Por isso recomenda-se tomar o chá por até 3 semanas, fazer uma pausa de 1 semana e então voltar a tomar o chá.

Contraindicações da quebra-pedra

Não deve ser utilizado em grávidas, crianças e mulheres que amamentam.

Fonte: Tua Saude